JOGOS DA JUVENTUDE
Onze atletas representam Roraima na abertura dos Jogos da Juventude
Repórter: OZIELI FERREIRA | Edição: | Foto: Divulgação/COB

A competição conta com 4.069 atletas de 1.401 escolas de 475 cidades do país

O ginásio do Círculo Militar do Paraná, no Centro de Curitiba, foi palco da abertura oficial dos Jogos da Juventude 2017. A cerimônia começou às 18h com a apresentação da Companhia de ginástica, circo e dança Get Flex, a entrada das delegações, revezamento da tocha olímpica conduzida por atletas brasileiros e o acendimento da Pira dos Jogos Escolares pelo multimedalhista olímpico de vôlei de praia, Emanuel Rego.

Na delegação de Roraima, onze atletas foram selecionados para representar o Estado. “Foi uma grande honra e uma oportunidade que eu ganhei. É uma sensação boa, quero experimentar mais vezes”, disse Ana Vitória Monteiro, 13 anos, estudante da escola estadual José Aureliano Costa. Ela vai brigar por medalha no xadrez. Participando pela primeira vez da competição nacional, a atleta disse que tem grandes chances de levar uma medalha para casa. “Eu tenho confiança de que posso ganhar. Estou calma e focada”, comentou.

Outra atleta que participou da entrada das delegações foi a estudante Maria Eduarda Lago, 12 anos, do IBR (Instituto Batista de Roraima), que carregou a bandeira de Roraima. “Fiquei feliz. Essa é minha primeira participação nos Jogos e já pude estar entre os escolhidos por levar a bandeira do meu Estado”, contou. A estudante, junto com mais três atletas, representam Roraima na ginástica rítmica.

DESTAQUES – Depois da cerimônia, os estudantes puderam conhecer os atletas que fizeram o revezamento da tocha olímpica como Aline Silva da luta olímpica; Emanuel Rego do vôlei de praia; Etiene Medeiros da natação; Fabiana Murer do atletismo; Gideoni Monteiro do ciclismo; Jéssica Maier da ginástica rítmica; Lígia Silva do tênis de mesa; e Tiago Camilo do judô.

“Eu participei dos antigos Jogos da Juventude em 1998 e foi onde eu conquistei a vaga para os Jogos Mundiais da Juventude, na Rússia, e ganhei meu primeiro título mundial. Foi assim que comecei minha carreira no esporte. Sei o quanto esses eventos esportivos são importantes para esses atletas. Eu sempre acreditei que o esporte deve estar em sintonia com a educação e é assim que eles vão ter mais oportunidades”, ressaltou Tiago Camilo, atleta olímpico do judô com duas medalhas olímpicas e tri-campeão Pan Americano.

Estrutura e organização – As competições em nove modalidades individuais começam nesta quarta-feira, dia 13. São 4.069 atletas de 1.401 escolas de 475 cidades do país. Para dar suporte e auxiliar nos nove dias de competições, o COB (Comitê Olímpico do Brasil), organizador e realizador dos jogos, conta com 95 pessoas no Comitê Organizador, 250 voluntários, 169 dirigentes, 525 técnicos, 450 árbitros. “Estamos usando 22 hotéis, com estimativa de 29 mil diárias e cerca de 60 mil refeições servidas no ginásio Tarumã”, ressaltou o diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner.

Para enriquecer ainda mais a experiência dos atletas, foi montando uma estrutura com atividades sociais e de entretenimento no ginásio Tarumã, onde são servidos almoço e jantar. No espaço há lan house, biblioteca, exposição de uniformes, selos, mascotes, moedas comemorativas, medalhas e a tocha das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Pesquisa

Noticias
17/11/2017 - 11:37 | Notícias
Cursos Técnicos
Noticias
16/11/2017 - 13:29 | Notícias
Natal sem Fome
Noticias
01/11/2017 - 10:39 | Notícias
EDUCAÇÃO
Noticias
30/10/2017 - 15:20 | Notícias
Incentivo a Leitura
Noticias
25/10/2017 - 12:17 | Notícias
JOGOS DOS SERVIDORES
 Notícias