FEBRACE/USP
Duas escolas da rede estadual vão apresentar projetos na maior feira científica do país
Repórter: Ozieli Ferreira | Edição: | Foto:

As escolas da rede estadual Professora Maria das Dores Brasil e Professor Antônio Carlos da Silva Natalino tiveram projetos selecionados para participar da Febrace (Feira Brasileira de Ciência e Engenharia) da USP (Universidade de São Paulo), considerada a maior feira científica do Brasil. A 15ª Edição da Feira começa no dia 21 de março na Poli-Usp (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo), em São Paulo.

 

Os professores Manoel Batista Souza Junior e Eliana Fernandes Furtado, e os alunos Francisco Wilker Sousa Castro Junior e Axel Austin Aredes, viajam para São Paulo neste domingo (19) para fazer as apresentações dos projetos. As passagens foram custeadas pelo Governo de Roraima. “É um sonho. A USP enviou e-mail e disse que nosso projeto é muito bom. Chorei de felicidade”, disse o estudante Francisco Wilker, da escola Antônio Carlos da Silva Natalino.

 

Ele o professor de matemática Manoel Batista vão apresentar o protótipo de um barco criado para remover resíduos sólidos e metais pesados de rios e igarapés. O protótipo, chamado de Sukso Eco Barco, é eletrônico e foi feito com material reciclável como garrafa pet, papelão e isopor.

 

“A ideia surgiu depois de algumas visitas feita no rio Branco e em alguns igarapés de Boa Vista. Detectamos grande quantidade de lixo que são despejados diretamente no rio. Aí pensamos o que poderíamos desenvolver para fazer a remoção desse lixo e foi quando surgiu o projeto do Sukso Eco Barco. É protótipo de um possível barco que pode ser desenvolvido para retirar lixos de rios”, explicou o professor, orientador do projeto.

 

Professor e aluno já vêm trabalhando no projeto há dois. A primeira versão foi apresentada em 2015, e foi vencedor na Feira Estadual de Ciência, garantindo assim a participação na Feira Nacional de Ciência, realizada em Olinda naquele mesmo ano. Depois disso, o protótipo passou por reformulação e agora será apresentado na Febrace na modalidade Robótica e Tecnologia, na Sub-categoria Naval e Oceânica.

 

“Na área de ciência e tecnologia, ela é a feira mais importante do Brasil. São milhares de projetos inscritos e nosso projeto foi aprovado, isso é maravilhoso”, comentou Manuel. Os projetos vão ficar expostos na Feira e passarão pelas bancas de avaliações para concorrer a prêmios e participar de feiras internacionais.

 

MARIA DAS DORES BRASIL – O projeto da professora Eliana Furtado e do aluno Axel Austin, da escola Maria das Dores Brasil, trata da ocorrência dos Enteroparasitas nas folhas de alface hidropônica comercializadas na Feira do Produtor. A pesquisa feita desde 2014 utiliza a técnica de sedimentação e centrifugação para avaliar o grau de contaminação das folhas de alface.

 

“Os alunos sempre levantaram esse questionamento na escola, percebemos que era uma pergunta constante, pelo fato de que ao comprar e consumir o alimento permanecia sempre as dúvidas sobre a qualidade do produto. Levantamos várias questões, porém a mais importante era saber se existiam contaminações no produto e como ela ocorria, se no cultivo, manejo ou mesmo no transporte da alface”, explicou a professora.

 

No Brasil, foram 3.500 projetos avaliados. “Sempre me surpreendo, apesar de que todos os anos trabalhamos com incentivo à pesquisa voltada para resultados como esse. Não é a primeira vez que vamos representar o Estado nesse evento, nossas pesquisas são sempre exitosas, porque buscamos um trabalho criterioso e de qualidade”, frisou. O estudante Axel Austin comentou que está ansioso. “A gente cria muita expectativa, por isso estou ansioso”.

 

VOTAÇÃO ONLINE - Quem quiser dar um empurãozinho nos projetos, pode participar da votação online. Os três projetos mais votados recebem premiação. Nas páginas http://2017.febrace.org.br/virtual/2017/ENG/3/ e http://2017.febrace.org.br/virtual/2017/BIO/178/ tem vídeo onde os estudantes Francisco Wilker e Axel Austin explicam os projetos.

 

FEBRACE - Promovida anualmente pela Poli-USP, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis, a Febrace é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência, qualidade científica/tecnológica e visibilidade. O objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Além da mostra de projetos, a FEBRACE conta com atividades voltadas para gestores e para os professores orientadores dos estudantes participantes.

Pesquisa

Noticias
21/08/2017 - 09:00 | Notícias
JOGOS ESCOLARES
Noticias
10/08/2017 - 17:28 | Notícias
OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA
Noticias
10/08/2017 - 17:26 | Notícias
REDE ESTADUAL
Noticias
10/08/2017 - 09:14 | Notícias
EDUCAÇÃO
 Notícias