spacer
   BOA VISTA - RORAIMA - BRASIL  
 
 
                                                                               Sábado, 19 de Abril de 2014    
Educação anuncia novo concurso público PDF Imprimir E-mail

 O Governo do Estado, através do secretário de Educação Luciano Moreira, anunciou nesta terça-feira, 9, a realização de novo concurso público para a contratação de 970 professores com o objetivo de suprir carência nas escolas da rede estadual das zonas urbana, rural e áreas indígenas (Capital e Interior). Também serão ofertadas 16 vagas para a área administrativa.

Essas vagas estão assim divididas: administrador (5), analista de sistema (3), contador (3) e economista (5). O edital do concurso será publicado até a próxima semana.

De acordo com a carência revelada pelo censo escolar 2007, serão contratados 167 professores para atender às necessidades da sede da Capital, Boa Vista, e dos 14 municípios do Interior.

O concurso contratará 439 docentes para atender as escolas da zona rural indígena e 364 professores para suprir as vagas existentes nas escolas da zona rural não-indígena. Serão ofertadas vagas para as disciplinas de português, inglês, espanhol, matemática, física, química, biologia, ciências, história, geografia, educação física e educação artística.

Do total de professores a ser contratado, 288 são da categoria Junior, ou seja, para lecionar no ensino fundamental de 1ª à 4ª séries. O salário a ser pago ao profissional concursado nesta categoria será de R$ 1.114,51.]

As 682 vagas restantes são destinadas a docentes categorizados como Professor Pleno, cujo salário será de R$ 1.547,74, conforme estabelecido pelo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Magistério (Lei 609). No que diz respeito às áreas indígenas, serão ofertadas 61 vagas para professores de língua materna para as etnias wapichana (19), macuxi (39), taurepang (01) e ingaricó (02).

 

Ao justificar a realização do concurso público, o secretário Luciano Moreira diz que “a demanda de profissionais existentes na rede estadual de ensino ainda não é suficiente para atender as necessidades das escolas da Capital, Interior e áreas indígenas” e que há “necessidade de profissionais efetivos de nível superior administrativo (...) visando fortalecer o corpo técnico das equipes envolvidas em áreas específicas, em virtude da demanda de atividades desenvolvidas pela Secretaria de Educação”. 

 

Processo Seletivo

 

Os professores contratados a partir do concurso público preencherão as vagas hoje ocupadas pelos profissionais amparados por meio do Processo Seletivo, cuja vigência do contrato termina em 31 de dezembro de 2007.

Durante este ano, foram contratados docentes pelo regime de hora/aula, com o objetivo de oferecer melhor atendimento às demandas das escolas da Capital, Interior e áreas indígenas, principalmente aquelas cuja necessidade é mais expressiva, pois muitas delas estão situadas em áreas de difícil acesso.

Moreira entende que “os professores sempre serão os mais importantes atores da melhoria da qualidade de ensino”. Ele destaca ainda que o compromisso do Governo do Estado com a educação se transformou em perspectiva concreta, como projeto prioritário no documento “O Desafio da Modernidade no Sistema de Educação de Roraima”, apresentado à população quando ele assumiu a pasta, no início do ano.
 
< Anterior   Próximo >

spacer

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESPORTOS
Avenida Capitão Ene Garcez, nº 1696 – São Francisco – CEP: 69.305-136 - Boa Vista - RR

Tel: (95) 3621-3819
(ASCOM)
spacer