spacer
   BOA VISTA - RORAIMA - BRASIL  
 
 
                                                                               Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014    
Roraima paga o melhor salário do País para professores PDF Imprimir E-mail

Pesquisa feita em novembro de 2007 por instituições ligadas à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), revela que os professores do Estado de Roraima são os mais bem pagos do País.

A remuneração paga pelo Governo de Roraima para professor com formação superior- Licenciatura Plena -  é de 2.104,74, para uma jornada de 25 horas, enquanto que o segundo estado que melhor paga é  Paraíba: 826,00, para a mesma carga horária.

Segundo o secretário de Estado da Educação, Luciano Moreira, com o reajuste de 10% já assegurado pelo governador José de Anchieta Júnior, cujo pagamento será retroativo a abril deste ano após as eleições, os professores com nível superior vão ter remuneração quase três vezes superior aos da Paraíba: 2.315.21.

No Acre, um professor com nível superior que cumpre 30 horas recebe R$ 2.100,00. Pernambuco, que aparece em quarto lugar paga R$ 555,00 para contrato de mesma carga horária e formação.

Para um contrato de 40 horas o Estado que melhor paga aos profissionais de nível superior é Tocantins: 2.020,00. Sergipe, quarto Estado que melhor paga, garante remuneração de R$ 1.014,00 para o mesmo contrato e mesma carga horária.

Os professores de Roraima com nível superior, trabalhando 25 horas, têm remuneração melhor inclusive que os do Estado do Tocantins, que paga o melhor salário em todo o País para um contrato de 40 horas: 2.020,00.

Magistério

Os professores de Roraima com formação em Magistério da Educação Básica, que cumprem uma jornada de 25 horas, recebem remuneração de 1.671,51.

Com o reajuste de 10% que será acrescido aos salários após as eleições, o Governo vai garantir uma remuneração de 1.838.66,  ou seja, quase quatro vezes mais que os professores do Estado que está em segundo lugar com o melhor salário do Brasil: Paraíba que paga 550,00. No  Espírito Santo, considerado um Estado rico, um professor com Magistério normal, trabalhando 25 horas, tem remuneração de R$ 423,67.

1° lugar

A pesquisa foi encomendada pelo Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e comprova que em comparação com os rendimentos pagos pelos demais estados brasileiros, o Governo de Roraima está em 1º lugar com melhor remuneração tanto para profissionais  do Magistério da Educação Básica como para Formação em nível superior-Licenciatura Plena.

Para o secretário Luciano Moreira, a partir dessa pesquisa, a sociedade roraimense, pais e alunos podem constatar que o governador Anchieta Júnior vem implantado políticas salariais que valorizam os trabalhadores em educação.

"Até então trabalhávamos com o parâmetro da pesquisa realizada pelo jornal Folha de São Paulo ano passado que apontou Roraima como o Estado com o quarto melhor salário do país para professores.  É motivo de honra saber que comprovadamente garantimos a melhor remuneração do País para professores. Claro que nosso desejo é melhorar ainda mais essa remuneração, dada a importância do profissional que é responsável por crianças e adolescentes que tendo uma boa formação em sala de aula vão, certamente, orgulhar as famílias e a  sociedade em geral", complementa.

Luciano Moreira admite que a melhor remuneração para professores não é suficiente para garantir a boa educação, mas prova que o Governo está fazendo sua parte porque a política salarial está inserida em um conjunto de fatores que executados com o devido comprometimento por parte do Governo e dos educadores vão garantir a educação de qualidade que todos anseiam em Roraima.

Alem disso, Luciano Moreira esclarece que hoje 100% dos gestores são professores que estão recebendo através do projeto Valor Escola até R$ 4 mil de forma direta, sem burocracia, ganhando autonomia para resolver problemas emergenciais. Eles são auxiliados por coordenadores pedagógicos que passaram por processo seleção para assumir a função.

Por isso, enumera o secretário, outras ações e projetos estão sendo implementados pelo Governo, através da Secretaria de Educação, para que na soma desses fatores, Roraima seja em curto espaço de tempo inserido no contexto nacional como referência na política educacional.

Por outro lado, relata que reverter os resultados negativos nos indicadores educacionais em exames de avaliação feitos pelo Ministério da Educação (MEC) e outras instituições passa também pelo desempenho e comprometimento do professor com o aluno e com o seu aprendizado.

 "Nós, assim como a população, estamos ansiosos por resultados mais concretos. Porém, não podemos esquecer que são muitos anos de gestões que não demonstraram o comprometimento que o atual Governo tem com a educação, por isso, muitas deficiências ainda são evidenciadas. Mas também precisamos reconhecer que em pouco mais de um ano da atual gestão temos comprovadamente demonstrado que educação é nossa prioridade. Estamos trabalhando em reformas para que as escolas tenham melhor estrutura; alunos e professores em pouco tempo vão ter acesso à  internet de banda larga, laboratórios de informática, laboratórios para outras modalidades de aprendizado. Vamos implantar a TV Pendrive e outras ferramentas importantes que vão permitir ao professor diversificar, inovar na complementação do conteúdo pedagógico", acrescenta.

Instituto Ayrton Senha

Mês passado, o governador José de Anchieta Júnior e os secretários de Estado da Educação, Luciano Moreira e Shéridan de Anchieta, da Secretaria Extraordinária da Promoção Humana e Desenvolvimento (SEPHD), estiveram com a presidente do Instituto Ayrton Sena, Viviane Sena, assinando convênios que vão ajudar o Estado a melhorar os indicadores educacionais e sociais.

O Instituto e o Governo de Roraima vão trabalhar em conjunto os projetos Acelera, Circuito Campeão, Se Liga, Gestão Nota 10 e SuperAção Jovem. O objetivo da parceria, segundo o secretário Luciano Moreira, é fortalecer ações nas aéreas da educação e juventude.

O projeto Se Liga trabalha com alunos das séries iniciais, fortalecendo o processo de alfabetização, especialmente as crianças que estudam na 4a série, que ainda têm grande dificuldade para dominar, por exemplo, a interpretação de textos.

Através do Circuito Campeão, é desenvolvido um sistema que permite identificar o nível de aprendizado nas escolas e os resultados sociais iniciais.

O projeto Gestão Nota 10 trabalha mais diretamente com os gestores das unidades de ensino e o Acelera vai subsidiar o Governo do Estado, através da Secretaria de Educação, no acompanhamento e correção das distorções idade/série.

O secretário explicou que a defasagem idade/série em Roraima não é a mais alta do Brasil, mas é preocupante pois está em  22%. Com a parceria do Instituto Ayrton Sena a meta é reduzir essa estatística para 8%. As atividades serão iniciadas ainda neste semestre.

Através da Secretaria que tem à frente a primeira-dama Shéridan de Anchieta, SEPHD, o Governo do Estado, nessa iniciativa com o Instituto, pretende incrementar as políticas públicas voltadas para a juventude.

O projeto SuperAção Jovem explica a secretária, propõe a implementação de uma nova tecnologia social de educação para o desenvolvimento humano, com uma inovadora proposta de levar o jovem a ver, entender, sentir, decidir e agir nos espaços educativos, voltados a esse público.

 

QUADRO COMPARATIVO DE SALÁRIOS DOS PROFESSORES

Remuneração dos Profissionais do Magistério da Educação Básica do Estado de Roraima em comparação com os demais estados da federação. Jornada de trabalho de 25 horas.Formação em nível médio-Magistério na modalidade normal

Posição nacional      Estado da Federação          Remuneração

1°                         Roraima                           1.671,51

2°                         Paraíba                            550,00

3°                         Minas Gerais                     450,00

4°                         Espírito Santo                   423,67

 

Formação em nível superior-Licenciatura Plena - Jornada de trabalho de 25 horas

Posição nacional      Estado da Federação           Remuneração

1°                         Roraima                           2.104,74

2°                         Paraíba                            826,00

3°                         Minas Gerais                     660,00

4°                         Espírito Santo                   644,34

 

Remuneração dos Profissionais do Magistério da Educação Básica no Brasil-Jornada de trabalho de 20 horas. Formação em nível médio-magistério na modalidade normal

Posição nacional      Estado da Federação          Remuneração

1°                         Distrito Federal                  1.087,62

2°                         Amazonas                        713,57

3°                         Maranhão                         710,00

4°                         Mato Grosso Sul                603,40

5°                         Rio de Janeiro                   531,00

6°                         Bahia                               529,06

7°                         Paraná                             510,73

8°                         São Paulo                         503,28

9°                         Pará                                450,00

10°                        Piauí                                446,00

11°                        Alagoas                           411,50

12°                        Rondônia                          408,40

13°                        Goiás                               404,59

14°                        Ceará                              278,73

15°                        Rio Grande do Sul              272,70

                    

Formação em nível superior-licenciatura plena – 20 horas

Posição nacional      Estado da Federação         Remuneração

1°                         Maranhão                         1.355,02

2°                         Distrito Federal                  1.097,27

3°                         Amazonas                        950,95

4°                         Mato Grosso Sul                905,10

5°                         Alagoas                           837,50

6°                         Pará                                814,28

7°                         Rondônia                          689,76

8°                         Paraná                             665,23

9°                         Bahia                               648,79

10°                        Rio de Janeiro                   640,64

11°                        São Paulo                         607,98

12°                        Goiás                               542,34

13°                        Rio Grande do Sul              504,50

14°                        Ceará                              500,55

15°                        Piauí                                473,73

 
< Anterior   Próximo >

spacer

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESPORTOS
Avenida Capitão Ene Garcez, nº 1696 – São Francisco – CEP: 69.305-136 - Boa Vista - RR

Tel: (95) 3621-3819
(ASCOM)
spacer